Antes fosse bêbada

Entrei e me sentei perto da máquina de café expresso. Um suco de laranja e um pão de queijo, por favor. Quase oito horas, logo as coisas começam a abrir. Chegar mais cedo é sempre bom.

O balcão em formato de U da padaria estava quase vazio. Além de mim, só um bêbado, sentado do outro lado, que fala alguma coisa sem sentido. Oito horas da manhã e já bêbado, ou ainda bêbado.

Ela entrou e ficou me encarando. Eu não entendi. Toda arrumada, usando uma bolsa cara, sapatos de salto, jóias. Quem se veste assim para tomar café da manhã na esquina? Mas bem, os Jardins são ali do lado, vai ver que trabalha na Oscar Freire, ou é só perua mesmo…

Sentou e continuou me encarando. A garçonete a chamou pelo nome. Olá minha princesa, como está hoje? Vai querer o mesmo de sempre? A resposta foi virar e continuar me encarando. Devo estar incomodando, pensei. Mas por que eu, sentadinha tomando meu café e não o maldito bêbado, que a essa altura cantava qualquer coisa que tinha sido sucesso no carnaval passado num volume extraordinário?

A garçonete não esperou resposta. Fez uma cara estranha e colocou uma xícara na frente da perua, que olhou o café e me encarou de novo.

Não tem espaço pra comer aqui Tânia, como é que eu vou tomar o meu café? Aqui não dá pra ser Tânia! Aqui não tem espaço, Tânia! Repetia o nome da garçonete como se fosse uma criança que acabou de aprender a escrever “O ônibus é amarelo. O ônibus é da escola. O ônibus me leva pra casa”. Aí tem coisa, pensei. E não é nada boa.

O bêbado parou de cantar para ver quem estava gritando mais do que ele. A Tânia estava preocupada. Tem espaço aí sim querida. Toma seu café, toma. Ela falava e olhava pra mim. Tinha dez lugares vazios ao redor do balcão da padaria, e eu sentei justo aonde a perua doida tomava café todo dia. Levantar e sair, isso sim é uma boa idéia.

O bêbado, vendo que eu me levantei resolveu puxar assunto. Já vai princesa? Vamos dar uma volta por aí? A perua ficou mais emputecida de ver ele falar comigo. Cala a boca seu bêbado, deixa ela ir embora!

Era o que faltava. Sua perua vagabunda, você é louca! É isso que você é! Eu posso ser bêbado, mas você é louca. Ok, vou sair enquanto eles estão ocupados um com o outro. Droga tarde demais. Eu não sou louca Tânia! Não deixa ele falar assim comigo Tânia! É tudo culpa dela Tânia! Ela sentou no meu lugar, Tânia! Eu só que queria tomar café, Tânia! Eu só queria tomar café! Não deixa ele falar assim comigo, Tânia, não deixa! Eu só quero ser feliz! Eu tenho direito de ser feliz, Tânia! Eu quero ser feliz!

Agora é oficial, sou o motivo da discussão entre um bêbado e uma perua louca que não consegue ser feliz se não sentar todo dia no mesmo banco pra tomar café. Levantei pra pagar a conta, o bêbado e a perua repetiam as mesmas ofensas um pro outro. Em dois minutos a padaria tinha deixado de ser um lugar simpático para virar um hospício sem enfermeiros.

Fui pro caixa atordoada. Só queria sair dali. Eu quero ser feliz, Tânia! Eu preciso ser feliz! Eu quero ser feliz! Gritava como se sua vida dependesse disso. Eu nem sabia mais se fazia diferença o banco da padaria ou não, mas ela não era feliz. Talvez nem soubesse o que é isso e estivesse só repetindo o que sua mãe louca dizia, quando apanhava do marido alcóolatra e descontava quebrando pratos na cabeça das crianças quando elas choravam de fome. Talvez ela tivesse se casado com algum cara com grana, pensando que assim ia estar livre desse passado miserável e só o que conseguiu foi se tornar esse ser bizarro, rico por fora, podre por dentro. Antes fosse bêbada.

O cara do caixa me deu um sorrisinho torto. Você acredita que eu agüento isso todo dia? Não, não acredito.

Anúncios

Uma resposta to “Antes fosse bêbada”

  1. Maíra Says:

    Ro, senso de humor apuradíssimo. Adorei o texto. Bjos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: